TIPOS DE INSÔNIA

Basicamente podemos dividir a insônia em 2 tipos:

– INSÔNIA PRIMÁRIA: É aquela que não é causada por uma doença física ou mental, ou em consequência do uso de medicações, álcool ou drogas.

Ela pode ser provocada por longos períodos de tensão; por preocupações excessivas e até autoprogramações (Por exemplo: Pensar e/ou ter a crença de que não dorme direito, ou que dormir é uma perda de tempo); podem ser causadas também por fatores climáticos e ambientais (Como por exemplo: ruídos e/ou luminosidade excessivas, temperatura muito alta ou baixa, etc).

– INSÔNIA SECUNDÁRIA: É aquela provocada por algum fator orgânico, ou seja, ela é um sintoma dentro de uma doença física ou psíquica. Exemplos: Problemas pulmonares, cardíacos, estomacais, fibromialgia, dor de cabeça, ansiedade, depressão, etc.

Ou também provocada pelo uso abusivo e/ou prolongado de medicações ou substancias, como por exemplo: estimulantes, remédios para emagrecer, nicotina, álcool, substâncias tóxicas como excesso de chumbo, alumínio, etc.

Os fatores associados à insônia podem ser vários. Dentre eles posso citar:

– Fisiológico: temperatura, hormônios;

– Cognitivo (pensamento dependente): ruminação de pensamentos à noite, preocupações.

– Comportamental: uso de álcool, alimentação noturna pesada, alimentos estimulantes, acessar tecnologia por longo período da noite (celulares, computador, TV, etc).

A insônia é um sinal de que algo não vai bem e deve ser investigada quando se prolonga por mais de um mês, pois aí ela se torna: Insônia Crônica Primária.

Observações muito importantes a respeito do sono perdido:

– NÃO É POSSÍVEL compensar uma noite de sono mal dormida com cochilo durante o dia.

– NADA se compara ao sono reparador durante o período da noite.

– O sono perdido NÃO É REPOSTO, porque, cada noite perdida vai somando um débito de sono no seu organismo.

CONSEQUÊNCIAS DO SONO PERDIDO:

– Sonolência diurna;

– Falta de concentração;

– Dificuldade de memória;

– Propensão a acidentes;

– Queda de resistência imunológica;

– Aumento da probabilidade de contrair doenças crônicas como diabetes, problemas gastrointestinais, problemas cardíacos, hipertensão, AVC, etc.

VERÔNICA DUTENKEFER

Psicoterapeuta e Terapeuta Holística

CRTH-BR 5234

(11) 9.6484-5432

E-mail: veveduten@yahoo.com.br