TERAPIA DE REGRESSÃO

TERAPIA DE REGRESSÃO

Imagine um belíssimo lago, rodeado por uma vasta vegetação e rochas de diferentes tamanhos e cores.

Você, como um observador atento, vê a superfície do lago e percebe as ondulações que as brisas provocam, algumas folhas boiando por algum tempo antes de submergirem, consegue ver o reflexo do céu como um grande espelho de água e a presença de alguns peixes que emergem rapidamente.

O que você não consegue perceber é o que existe nas profundezas desse lago.

No fundo desse lago há um verdadeiro universo desconhecido, povoado por diferentes vegetais, animais e minerais que lá vivem. Há tesouros escondidos e, quase sempre, esquecidos. Assim como existe também muito lixo.

A luz é praticamente inexistente, tornando essa região ainda mais misterioso e sombria.

A dinâmica desse lago permite que o que está no fundo, venha a tona e o que está na superfície se esconda.

Costumo usar essa metáfora para ilustrar nossa mente consciente e inconsciente (ou subconsciente). A superfície do lago representa nossa mente consciente e tudo o que está nas profundezas é nossa mente inconsciente.

A nossa mente consciente determina apenas 5% do que vivenciamos, o restante (95%) é determinado por nossa mente inconsciente. Isso significa que todo sofrimento, dores ou bloqueio que nos impede de alcançar nossos sonhos, ou solucionarmos nossos problemas pessoais, quase sempre estão ocultos em nossa mente inconsciente.

Existem algumas técnicas para descobrir e limpar esses bloqueios. Uma delas é a regressão de memória. Nessa regressão pode vir conteúdos da nossa vida atual, vidas passadas ou emergir conteúdos simbólicos criados por nossa mente, que vai permitir desvendar alguns segredos que estavam guardados e que estejam nos prejudicando.

Nesse trabalho, o terapeuta, através da hipnose, levará a pessoa a dar esse “mergulho”, em busca do que originou determinado sofrimento.

Assim que é localizado as diferentes causas, há a reprogramação das crenças (aquilo que nós acreditamos ser verdade), permitindo assim, uma mudança significativa na vida da pessoa, pois possibilita a compreensão e redecisões importantes.

A hipnose é uma das ferramenta para se atingir a frequência necessária, de atividade mental, para que esse “mergulho” aconteça. Essa ferramenta nada mais é do que a ampliação da atenção. Uma vez que nossa atenção fica altamente focada, as percepções e aprendizagens ocorrem mais fácil e rapidamente.

A cura, seja ela física, emocional ou energética se dá por essas aprendizagens.

Existem muitos mitos e temores quanto à hipnose. Uma delas é temer “não voltar mais”, ou seja, permanecer numa situação onde a pessoa não tem nenhum controle. Isso é impossível acontecer por dois motivos:

Primeiro: A atenção altamente focada exige um consumo de energia e de conexões neuronais específicas. Essa atividade cansa, ou seja, vai chegar um momento que essas atividades neuronais vão parar pelo esgotamento.

Segundo: A mente consciente, nesse trabalho de regressão, fica presente, ou seja, a pessoa não perderá seu poder de controle. Apesar da frequência necessária para se conseguir acessar o inconsciente exigir uma certa flutuação, a pessoa consegue perceber onde está e conversar com o terapeuta. Aliás, esse diálogo com o terapeuta é essencial para descobrirmos as causas dos bloqueios e fazer as reprogramações e redecisões.

Todos nós temos, em algum   lugar de nossas memórias, episódios que nos marcaram de forma negativa e que causam uma estagnação da nossa vida. É como se ficássemos assistindo o mesmo filme de terror, ao longo dos anos.

Sabemos que precisamos estar presentes para construirmos nosso futuro, mas essa “prisão” no passado impossibilita isso acontecer.

Como eu disse, a regressão de memória é apenas uma das várias e diferentes técnicas que possibilitam o “mergulho” nesse lago fantástico que é nossa mente inconsciente. O importante é você escolher uma delas e se libertar para viver com mais bem estar e felicidade.

A Terapia de Regressão à  Vidas Passadas   auxilia a cura de sintomas físicos e emocionais, desprogramando e reprogramando padrões negativos e dificuldades psicossomáticas, de relacionamento, medos, fobias, depressão, entre outros.

         Através de uma minuciosa anamnese (questionário), vamos identificar as principais dificuldades e fazer o mapeamento da situação de vida da pessoa.

         A técnica de regressão da memória (que pode ser da vida atual, vida passada, ou representações simbólicas do inconsciente) vai em busca da origem onde essas situações difíceis se originaram, e faremos a desprogramação e reprogramações necessárias para que a remissão, ou diminuição do sofrimento aconteça.

Situações em que a psicoterapia podeajudar:

– apoio emocional para lidar com uma situação difícil

– organização das ideias para poder fazer escolhas e tomar decisões.

– busca de autoconhecimento para desenvolvimento pessoal

– diminuir ou aprender a lidar com um sofrimento psíquico/emocional

– mudança de hábitos nocivos

– lidar com lutos, perdas, separações, mudanças repentinas.

– apoio para o momento de vida em que está vivenciando situações de stress, depressão, ansiedade, pânico, fobias, compulsões, etc

– compreender um relacionamento abusivo

– dificuldades nos relacionamentos interpessoais, afetivos e até identificar um relacionamento abusivo – busca de realização profissional

Essa verdadeira aventura fantástica vale a pena!

VERÔNICA DUTENKEFER*

06/07/2017

VERÔNICA DUTENKEFER

Psicoterapeuta e Terapeuta Holística

(11) 96484-5432

veveduten@yahoo.com.br