ANSIEDADE

ANSIEDADE

 

“…sou partidário da educação do cérebro… as drogas, úteis em estados de crise, só deveriam ser empregadas para tornar o indivíduo acessível as terapêuticas verdadeiramente humanas…” (Dr Paul Chauchard – NEUROCIENTISTA)

 

A ansiedade está presente em vários transtornos psíquicos.

Ela se traduz por um temor indefinido, um alerta de que algo nos trouxe uma sensação de ameaça. Seja real ou não, a presença dessa ameaça faz com que nosso cérebro já envie as comandas para nosso corpo reagir.

O grau de ansiedade vai determinar se ela é “normal” (uma reação que antecipa algum evento), ou patológica (quando há a desorganização da vida, alterando nossas vivências profissionais, sociais e familiares).

Essa sensação de temor, angústia e vulnerabilidade, quase sempre nos leva a procurar algo maior e mais forte para nos proteger. E essa busca pode nos levar a comportamentos muito dependentes. É aí que mora nosso engano, pois a única pessoa que pode realmente nos ajudar, somos nós mesmos.

Quando criamos o hábito de nos conhecer, vamos mais facilmente identificando nossas cadeias de pensamentos que trazem sofrimentos e desconfortos. Essa lucidez é fundamental para controlar nossa ansiedade.

Procure arrumar um tempo para você, nem que seja uns 10 a 15 minutos diários. Preste atenção à sua respiração e em seus pensamentos. Faça uma lista dos seus medos, ou daquilo que te incomoda.

Encontre coisas gostosas (prazer) que te ajudem a relaxar, como por exemplo: leitura, ouvir uma boa música, olhar para uma bela paisagem, conversar com alguém querido, etc.

Existem vários recursos terapêuticos que podem te ajudar a administrar sua ansiedade: meditação, psicoterapia, yoga, atividades físicas, terapia floral, acupuntura, etc.

Procure ajuda e lembre-se que tudo depende da sua decisão e dedicação em se cuidar e se amar mais.

 

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=HD-actXSuYE&t=1s

 

VERÔNICA DUTENKEFER

Psicoterapeuta e Terapeuta Holística

(11) 96484-5432

veveduten@yahoo.com.br